Designers Against AIDS: Entrevista com Ninette Murk, fundadora da DAA

0 Flares 0 Flares ×

[…]
2. Porque é que pensaste no Tokio Hotel para a tua campanha da H&M? Eles são muito criticados por parte dos meios de comunicação por isso as pessoas poderiam ter boicotado a campanha por estares a trabalhar com eles…
Ninette Murk: Eu sabia que os Tokio Hotel tinham um bom grupo de fãs motivados, com idades compreendidas entre os 12 e os 24 anos e esse é exatamente o público alvo que queremos atingir com a nossa mensagem do sexo seguro! A H&M no início não queria que fossem eles, porque pensava que só tinham fãs na Alemanha. Mas eu convenci-os e agora não podiam estar mais felizes por terem concordado!

4. Na Internet, os fãs dos Tokio Hotel derão um apoio enorme a um livro. The Forbidden Floor, da autora francesa Caroline Sauvageot, ainda não foi publicado, mas ela deu a conhecer a primeira parte do livro, de graça e um pouco por todo o mundo, os fãs dos Tokio Hotel traduziram esta introdução para a sua língua: inglês, alemão, espanhol, russo, grego, português e sérvio! Eles adoraram esta história sobre a vida de uma banda rock, muito semelhante aos Tokio Hotel e a forma como a autora explica através de diversas personagens, como é ser fã e como pode ser a relação entre a banda e os fãs. O que é que te agradou nesta história?
Ninette: Eu gosto da forma como a autora cativou os fãs, do fato de eles terem ajudado na tradução e do fato de o livro lidar com aspectos, relativos a uma banda de sucesso, que quase ninguém pensa: a solidão, ou por vezes o medo por se ser seguido de perto pelos fãs – e a Caroline também fala sobre a importância do sexo seguro, e por isso, é claro que gostamos dela!

7. Falando de livros, a DAA lançará um livro no final de Outubro, qual é o tema?
Ninette: Metade do livro é sobre o nosso projeto com o Designers Against AIDS, com montes de fotos (incluíndo a dos Tokio Hotel, na nossa campanha de 2009, Fashion Against AIDS, com a qual planejamos fazer um poster). A outra metade tem a ver com o meu projeto Beauty Without Irony, para o qual eu contactei centenas de artistas (incluíndo o Bill e o Tom Kaulitz) pedindo-lhes que me enviassem trabalhos artísticos ou fotos daquilo que para eles representa a beleza em estado puro. O resultado foi a junção de mais de 100 inspiradoras fotos. Uma das fotos do Bill e do Tom foi tirada a partir do palco, em Paris, no dia 14 de Julho de 2007, em frente a meio milhão de fãs, com a Torre Eiffel como fundo. O Bill disse que este, foi um dos momentos mais bonitos da sua vida. A razão pela qual mostramos a beleza no nosso livro, é porque isso faz as pessoas pensar que a vida vale a pena. E se te sentires assim, não irás arriscar a tua vida ou a do teu parceiro, fazendo sexo sem proteção. Queremos fazer do mundo um lugar mais bonito e podes fazer isso de duas formas: 1ª contribui para o aumento da beleza (é esse o intuito do Beauty Without Irony) ou 2ª contribui para a diminuição da fealdade (isto é o que a DAA faz). São duas faces da mesma moeda e estão combinadas neste livro!

8. Mais uma vez trabalhas-te com os Tokio Hotel, o que lhes pediste desta vez?
Ninette: Para me enviarem imagens que para eles representassem a beleza em estado puro.

9. O livro ainda nem foi lançado e no entanto a Street Team Francesa já planeja ações de promoção para fazer deste livro um best seller – pelo menos na França. Estão em contato com a Street Team? Estão a trabalhar juntos nas ações de promoção?
Ninette: Recebemos um email dizendo que eles planejam fazer algo em Lyon e estou muito curiosa para ver aquilo que vai acontecer – tenho a certeza que vai ser fantástico!

10. Tu e a autora de Forbidden Floor são, de longe os únicos adultos que levam a banda Tokio Hotel a sério, e por isso mesmo, também nos levam a nós, os fãs, a sério. A Caroline Sauvageot tem como objetivo mostrar na sua história todo o trabalho que acontece na indústria musical e da moda, explicando ao mesmo tempo como um ídolo pode ser importante para alguém, mencionando ainda o sexo seguro. E vocês também trabalham com a indústria da moda e da música, e querem espalhar a mensagem do sexo seguro. Parece que ambas têm como objetivo educar os jovens e ambas enfrentam algumas dificuldades na recolha de apoios. Os Tokio Hotel têm grandes mensagens nas suas músicas como: “aproveitem cada segundo, porque o tempo não volta atrás”, “não saltem porque nada vale a vossa vida”, “não consumam drogas porque podem achar tão bom que já não vão conseguir parar.” E mais recentemente, no seu novo álbum, eles dizem numa música que devemos levantar a nossa voz e fazer barulho pelas coisas nas quais acreditamos. Todos vocês têm mensagens muito importantes, por isso como explicam o fato de para as outras pessoas não ser tão óbvio? Como explicam o fato de pensarem que são apenas sonhadores e que não conseguirão mudar o mundo?
Ninette: Bem, isso não é totalmente verdade, cada vez mais e mais pessoas, organizações e empresas estão dispostas a ajudar a DAA e a espalhar a mensagem do sexo seguro de uma forma legal, que atraia a juventude. Eu penso que, na generalidade, o problema vem do fato de os adultos pensarem que são melhores (ou sabem mais) que os jovens. Continuaremos a apoiar os Tokio Hotel e os fãs e temos a certeza que o mesmo funcionará no inverso. Lembrem-se: as ações falam mais alto do que as palavras. Se as pessoas não vêem o bem que fazes, é problema delas, não teu. Mas continua, e uma dia eles vão ver. Ou não. Mas mesmo assim, terás feito um monte de coisas boas – e que fizeram ELES? Não te preocupes com isso.
[…]

Fonte X
POSTED BY: GRY KAULITZ

21.04 Berlim, Alemanha

22.04 Berlim, Alemanha

27.04 Moscou, Rússia

00.00 ---

__________________________________________
(+) VEJA TODOS OS SHOWS DA TURNÊ