Tokio Hotel & cultura: a escritora de vampiros, inspirada pelos Tokio Hotel, Emily Kay fala-nos de “Geisterfahrer”

0 Flares 0 Flares ×

Tokio Hotel e as suas canções inspiraram muitos dos seus fãs em vários casos, tanto pode ser como para ganhar dinheiro para organizações sem fins lucrativos, como o grupo de adeptos “Tokio Hotel Houston” com o projecto “Love Unleased” para fazer vídeos dos Tokio Hotel como um vídeo de uma fã que fez o “Screamin”. Bem, outra fã que também foi inspirada pelas canções dos Tokio Hotel tem aparecido e é a escritora alemã de vampiros, Emily Kay.

O que inspira um escritor para escrever as histórias que ela faz? Há algum personagem em especial que vem à cabeça? Algum livro especial que tem uma grande influência? Que tal uma música? Para uma nova voz para vir na ficção de vampiro, a escritora alemã, Emily Kay, foi a música que a inspirou, e uma música em particular – Tokio Hotel “Geisterfahrer”. Emily Kay explicou como “Geisterfahrer” veio a desempenhar um papel na evolução de seu romance de estreia, “Eulenflucht: Duch die Nacht”. Kay explicou o processo de escrever o seu romance numa entrevista por e-mail.

“Primeiro há essas imagens na minha cabeça. Vejo as pessoas – até mesmo uma cena. Então a história se juntou até que escrevi como uma exposição e “Eulenflucht” (a sua história) nasceu.

Ela explicou como o Bill Kaulitz dos Tokio Hotel se tornou uma inspiração para ela na sua série de vampiros.

“Então ouvi “Geistefahrer” (Phantomrider) e era exactamente a história e o sentimento que havia em “Elenflucht”. Era como se o Bill estivesse à minha frente a cantar e foi incrivel para mim, como se uma entidade invisivel me estivesse a dar uma mensagem e fizesse uma conexão entre mim e os Tokio Hotel. Foi absolutamente fascinante, incrivel, impressionante que nesse momento, algo importante se tinha passado, isso pode influenciar toda a minha vida”.

Ela também explicou que a palavra “Geisterfahrer” tem um significado na cultura alemã por si só. Na cultura alemã, é alguém que dirige uma via dupla, seguindo o caminho errado e isso é chamado de “Geisterfahrer” – um cavaleiro fantasma. Um “Geisterfahrer” pode ter muitas razões para se conduzir no caminho errado, como se quisesse provar o seu valor ou realizar pensamentos suicidas”.

A ideia de pessoa que viaja na estrada pelo caminho errado golpeou uma corda de Kay. Ela explica:
“No meu livro há uma pessoa que não sabe para onde vai mas acredita que ela encontrará um grande amor no mudno. Ela sabe que até mesmo a morte não pode vencer esse amor. Ela não se vê assim no principio, mas procura com força e com um grande esforço. No final, com a esperança e com a crença encontra o seu lugar. O cavaleiro fantasma converte-se num cavaleiro normal, porque apesar do obstáculos, ele chega ao seu destino. Também se podia dizer “contra todas as marés”.

Independentemente do que seja o resultadp, o mais provável é que os rapazes de Magdburgo e, especialmente, o gémeo dos Tokio Hotel, o Bill Kaulitz continuará a inspirar legiões de fãs como Emily Kay.

Fonte: TH Voice

Nightmare Blake

21.04 Berlim, Alemanha

22.04 Berlim, Alemanha

27.04 Moscou, Rússia

00.00 ---

__________________________________________
(+) VEJA TODOS OS SHOWS DA TURNÊ