[VÍDEO + TRADUÇÃO] Entrevista: “Isto é o que Bill Kaulitz tem em seu guarda-roupa”

0 Flares 0 Flares ×

Bill Kaulitz foi entrevistado por Mira Wiesinger em seu apartamento em Berlim, para o site alemão Welt.de numa conversa divertida sobre moda, mostrando peças de seu guarda-roupa, veja o vídeo e a tradução logo abaixo:

Bill Kaulitz nos dá uma visão profunda de seu guarda-roupa, seus pensamentos e seu mundo privado, através da lente da câmera. Visite o Apartamento em Berlim do líder do Tokio Hotel.

Meu fascínio com Bill Kaulitz começou com meu nariz. Nos meus vinte e poucos anos, tive que fazer uma cirurgia porque tive dificuldade em respirar. Após a operação, a situação ficou ainda pior e só me permitiram dormir em uma posição vertical, o que me impossibilitava dormir. Em vez disso, assistia TV. Noite após noite. E depois de uma semana inteira tive a sensação de que eu tinha dois novos melhores amigos: o vendedor de TV Sascha Heyna e Bill Kaulitz do Tokio Hotel. Mas desde sempre Sascha esteve lá (e certamente era o amigo de muitas pessoas que sofriam de insônia) e o Tokio Hotel acabou por ser um avanço com “Durch Den Monsun”, a coisa com Bill foi de alguma forma mais exclusiva.
Na falta de programas à noite, eles continuaram a repetir entrevistas com Bill – e naquela época, 2006, havia muitas delas. No final, eu conheci todos eles e pensei que Bill era engraçado, encantador, rápido e de alguma forma perturbadoramente interessante. Havia muita maquiagem nesse menino e esse cabelo louco (por que ele usava assim de um jeito que você descobrirá no vídeo). Ele era como uma peça de arte sem ser artificial. Era o contrário: parecia ser tão autêntico. Até hoje, isso é exatamente o que o leva, quando ele está se vestindo. Ele quer ser autêntico, não importa se ele parece um punk, um drag, um lenhador, um dândi ou um diretor de circo. É porque ele escolhe sua roupa dependendo de seu humor.
Além disso, ele se veste anticíclico. Isso significa que ele gosta de brincar com aparência e existência e com papéis de gênero. Quando Bill se sente mal, (ao contrário de muitos), ele não se veste com calças confortáveis e casacos, ele escolhe algo formal e rígido. Porque isso o obriga a manter sua compostura. Quando Bill festeja, ele nunca escolhe, mas se veste com algo confortável da qual ele não precisa se preocupar, então ele pode se divertir. E ele com certeza adora se divertir. Cara a cara ele é ainda melhor do que na TV. Ele é inteligente, simpático, cativante, pés no chão e ainda um pouco louco (graças a Deus!). E ele gosta de rir – mais ainda sobre si mesmo. Que é um assunto muito amigável e isso prova que eu sempre tive o instinto certo sobre ele. Por: Mira Wiesinger

Tradução: No guarda-roupa de Bill Kaulitz

Bill: Estes são sapatos femininos do Marc Jacobs. Comprei do meu tamanho. A moda sempre foi um modo de vida para mim. E de provocação. E como isso é de mulher, como eu disse, compro um tamanho maior. Isso tira as pessoas do sério. Estivemos recentemente em tour pela Rússia e havia muitos seguranças locais que eu sabia que se eles vissem um rapaz de salto alto, ficariam irritados. Um(a) professor(a) de dança não queria me ensinar porque eu estava vestindo roupa de esporte branca.
Mira: Fica muito bem em você. Esse modelo é para mulher ou para homem?
Bill: Este é um modelo para homem.
Mira: O que você acha dos acessórios? Há alguma coisa que não usaria mesmo sendo homem, como por exemplo uma mala feminina?
Bill: O que não gosto de ver nos homens são sandálias. Simplesmente não gosto de sandálias.
Mira: Mesmo que esteja muito calor?
Bill: Não importa. Simplesmente você precisa lidar com isso.
Mira: Então, descalço?
Bill: Descalço. Mas, pelo contrário, acho que clutch e malas de homem combinam bem. Eu costumava colecionar grandes jaquetas de couro e acho que precisamos sempre de jaquetas.
Mira: Agora você usa jaquetas bomber.
Bill: Exatamente. A Balenciaga faz umas muito legais, como esta aqui.
Mira: Este aqui é um pouco curto.
Bill: Sim, este aqui é cropped e tem uns ombros largos, o que é muito legal. Acho que o mais importante é você ser autêntico. A moda era um modo de vida para mim. Éramos tão diferentes. Tinha um estilo mais punk, o meu cabelo era preto e despenteado, usava maquiagem e esmalte nas unhas com calças rasgadas, camisetas e jaquetas de couro. Enquanto isso, o Tom era mais voltado para o hip hop. Este (casaco) é falso porque eu amo animais. É por isso que eu só visto pele falsa. Esta é uma peça corajosa, que não se usa só para andar na rua. Mas adoro looks com pele. Contudo, como eu disse, não uso pele de animais. Sempre que desenho algo, para vestir no palco ou assim, me certifico sempre se a pele e o couro são falsos.
Mira: Este (casaco) parece de apresentador de circo.
Bill: Exatamente. Eu sempre usei coisas malucas.
Mira: Talvez porque distraia um pouco?
Bill: Sim, porque as roupas distraem as inseguranças e elas sempre me deram confiança.
Mira: Isso (lenço) é tão legal e já usou bastante.
Bill: Quando tinha uns 6 ou 7 anos, o meu padrasto me mostrou o filme “Labirinto” com o David Bowie. É um filme antigo de conto de fadas. Se as pessoas vissem o filme, perceberiam o porquê de eu ter usado o meu cabelo daquele jeito. Ele [David Bowie] tinha cabelo grande, só que era loiro. Mas, mesmo assim, ele era a minha grande inspiração.
Para dizer a verdade, andei no deserto com estes (sapatos) e foi para a gravação de um videoclipe. Quase quebrei os pés em cima deles.
Estes (tênis) são para andar na rua. Eu uso bastante. Acho que eles fazem parecer que você está pisando em goma de mascar.
Acho que as camisas de seda e os laços são muito legais. Hoje em dia, há vários homens que usam sapatos com laços e eu gosto desse tipo de look. Esta, por exemplo, é uma camisa que já usei umas cem mil vezes porque gosto muito dela. As camisas de seda são muito o meu estilo.
Mira: E, claro, dá pra ver as suas tatuagens. Tem um sorvete com casca e uma xícara de café na sua coxa. Porquê?
Bill: São as minhas tatuagens de ressaca. Porque eu acho que quando se está no banheiro com ressaca, você sempre vai querer um café ou algo doce. Estas são as coordenadas da ‘Kater Plau’, o meu clube favorito em Berlim e esta aqui é o contorno de Berlim.
Mira: Berlim influencia o teu estilo?
Bill: Sim. Muito mais do que L.A.. Devo dizer que L.A. é uma das cidades mais sem estilo que existe. Penso que Berlim é legal porque é muito internacional – um caldeirão. Também tem muitos jovens. É engraçado quando digo ‘jovens’ porque faz parecer que eu sou muito velho. Mas existem muitas crianças que vêm de outras cidades, como Londres ou Paris. E eles vêm para as festas. Infelizmente, L.A. é muito chata. A última hora para beber é às 1h45 da manhã e as luzes se ascendem às 2h da manhã sem exceção.
Mira: Você tem estilo para festas?
Bill: Não. Honestamente, em termos de estilo de festa, sou muito relaxado. Acho que uma jaqueta de couro é o item mais importante que existe. E também sou mais o cara dos jeans.
Estas (calças), por exemplo, funcionam sempre. Essa (jaqueta de couro) é completamente velha e dá para andar na rua.
Mira: E não precisa se preocupar caso alguém estrague.
Bill: Exato, quando você está em festas, e está muito elegante, fica muito… *faz gesto*
Mira: Então você fica sempre stressado.
Bill: Você fica preocupado com as roupas e não se diverte.
Mira: Você também tem bastante chapéus legais.
Bill: Sim, este aqui é legal. É muito duro, é da Dior.
Quando uso este (boné Yankees) todos vêm até mim e dizem “Yeaaahh, Yankees!”. Eu tive que perguntar a alguém o que era isso. Basquetebol? Basebol? Futebol?
Quando você bebe demais e festeja demais: “High as fuck”. Acho que muitas pessoas conhecem esse sentimento. E eu festejo muito. Adoro ele e quero que as pessoas nos nossos shows também gostem dele (do boné High as fuck).
Bill: Estas são pérolas. Adoro pérolas. E colares com pérolas. Este (colar) aqui, por exemplo, é muito legal. Até dá para usar com uma camiseta do Mickey *risos*.
Este anel é o meu favorito.
Este anel ganhei do Wolfgang Joop no programa de televisão “Wetten Dass”. Vi o anel e disse que era muito legal. Ele tirou e me deu e disse para eu ficar com ele.
Esta (pulseira) aqui é algo que o Tom também seria capaz de usar. Ele é 10 minutos mais velho do que eu. Somos idênticos, andamos sempre juntos. Trabalhamos juntos, vivemos juntos.
Mira: Isso é muito legal.
Bill: É muito legal, você sempre tem alguém familiar por perto.
Mira: Gostaria que você descrevesse seu estilo em três palavras. Sei que é difícil e quando penso nisso, diria espontaneamente: esportivo, dândi, rock and roll, punk, drag. Pode ser qualquer coisa. Como é que você se descreveria?
Bill: Acho que é muito difícil me descrever em três palavras porque a moda sempre foi uma forma de eu me expressar. A moda é um modo de vida e também é um estado de humor diário. E eu gosto de mudar. Acho que o meu estilo é único. Não é um estilo que qualquer um usaria. É por isso que eu adoro o meu trabalho. Porque, felizmente, posso usar de tudo. Tenho essa liberdade por ser artista. Definitivamente é (um estilo) confiante e provocativo.

Fonte
Tradução, Tokio Hotel Brasil Support

03.11 Berlim, Alemanha

04.11 Oberhausen, Alemanha

05.11 Luxemburgo, Luxemburgo

07.11 Tilburgo, Holanda

__________________________________________
(+) VEJA TODOS OS SHOWS DA TURNÊ