Universal Music Alemanha: “Bill e Tom falam sobre o Kings Of Suburbia”

Universal Music Alemanha: “Bill e Tom falam sobre o Kings Of Suburbia”

1 Flares 1 Flares ×

site

Confira uma matéria exclusiva da Universal Music Alemã sobre o novo álbum “Kings Of Suburbia”:

Sete milhões de álbuns vendidos mundialmente, platina em 68 países e um show na frente de meio milhões de pessoas na frente da torre Eiffel. Estrelas de TV e amados pela imprensa. Super estrelas com um reconhecimento internacional. Uma banda com um sucesso tão grandioso que todos os seus passos foram acompanhados por milhares de fotógrafos. Bill e Tom trocaram tudo isso pela anonimidade em LA. Um estado no qual nem todos os conhecem na rua. Uma metrópole onde os paparazzis tem outras prioridades. Condições ideais para dar uma nova vida a sua banda.
“Assim que chegamos nos EUA não suportava mais escutar o nome Tokio Hotel. Eu estava cansado disso tudo.” diz Bill. “Tínhamos que descobrir o que realmente queríamos da vida. Para que isso acontecesse tivemos que deixar a música e a nossa carreira de lado, para deixar nossas mentes livres e nos arriscar a fazer uma volta radical.”
“Eu nem tinha certeza se realmente queria isso” diz Tom. “Pagamos o alto preço por causa do nosso sucesso, por causa da loucura… eu nunca imaginei que minha vida seria assim. Mas em Los Angeles nos reencontramos a coisa mais importante – o nosso amor pela música”
O resultado é o mais novo álbum da banda: Kings Of Suburbia. Um farol de músicas que estão em chamas que nunca se desvanecerão. Influenciado por um ano de reinvenções intensivas. Noites sem fim em clubes de Los Angeles, noites selvagens e muita ressaca. Sem preocupações e sem compromisso.
Com as músicas como “Feel It All” e “Girl Got a Gun” dá pra sentir a atmosfera suada das noites em Los Angeles. Com as canções mais suaves como “Run Run Run” e “Love Who Loves You Back” vocês verão os Kaulitz nos limites da razão e da sobriedade. A prova de que é possível refletir sua vida em canções. A trilha sonora de festas que não tem fim.
Kings Of Suburbia é cheio de autenticidade pois o Tokio Hotel vive o que eles cantam e trazem as suas noites de volta a vida em todas as sua músicas.
“Os produtores amavam quando eu chegava direto da boate e gravava algumas músicas” ri Bill. “Assim gravamos muitas músicas. Nós capturamos esses momentos diretamente”
“Para esse álbum precisamos de muitos cigarros, drinks e noites por LA afora.” diz Tom com um sorriso. “Nós não perdemos um amanhecer a cada música que gravamos.”
Kings Of Suburbia é um trabalho obstinado e sem compromisso do Tokio Hotel. Claro que eles também trabalharam com novos produtores incluindo companheiros íntimos como Rock-Mafia, Jost e Guy Chambers. Além disso há influencias inconfundíveis de DJs de Los Angeles. Mas pela primeira vez os irmãos Kaulitz pegaram no pesado e trabalharam num novo álbum praticamente sozinhos. Tom está muito animado e dessa vez ele não mostrou só o que pode fazer com uma guitarra e sim com um piano, um sintetizador e bateria.
“Na maioria das músicas a minha guitarra atua somente como uma ferramenta. Eu me vejo mais como um faz-tudo e produtor da banda e não como um simples guitarrista. Nós trabalhamos juntos pra criar um álbum perfeito. Cada tom nesse álbum é da maneira que realmente queríamos. A maior parte foi produzida por nós mesmos.”
Os integrantes da banda Georg e Gustav fizeram parte de toda essa loucura, como sempre. Instrumentos foram colocados junto a batidas eletrônicas para criar um álbum que é diferente de tudo que você já ouviu do Tokio Hotel. Com Kings Of Suburbia eles acordaram não só sua vontade de viver como também seu amor imprescindível pela música. Longe dos holofotes e longe dos aspectos positivos e negativos da fama onde eles puderam mergulhar em um mundo de prazeres simples (e as vezes imprudente) para se redescobrirem e assim, criar um novo mundo para eles.
“Tipo… essa foi a primeira vez que pudemos aproveitar nossa vida. Saímos da escola com 15 anos, montamos a banda e desde esse momento não tínhamos mais uma vida privada. Só tinha Tokio Hotel.” diz Bill. “Nós fomos perseguidos pelo próprio sucesso e tentamos fugir disso de todas as formas. Nós queríamos uma vida normal.”
Tom completa: “Em algum momento da sua vida você sente falta dessas coisas simples. Aqui eu posso andar de bicicleta, ir no supermercado ou registrar meu próprio carro. Essas coisas me fazem feliz.”
Os caras do Tokio Hotel não são de qualquer forma ingênuos. Na indústria musical você não pode desaparecer por cinco meses (e imagina cinco anos?) e esperar que quando você volte tudo seja o mesmo. Mas eles são corajosos o suficiente pra provar que essa teoria está errada. Eles já fizeram uma tempestade no mundo e irão faze-lo novamente. Mas dessa vez, eles é quem ditarão as regras do jogo.
“É claro, isso é arriscado demais” Diz Bill. “Mas com esse álbum é tudo como imaginamos e essa é a primeira vez que podemos falar ser honestos sobre isso. Fizemos tudo da maneira que queríamos. Ninguém escreveu músicas para o Tokio Hotel vender. Esse álbum mostra um trabalho 100% autentico, é 100% Tokio Hotel. Poder falar isso me dá uma puta alegria!”

Tradução, Tokio Hotel BR
Fonte

30.04 Londres, Inglaterra

02.05 Bruxelas, Bélgica

26.04 Frankfurt, Alemanha

27.04 Arnhem, Países Baixos

29.04 Colônia, Alemanha

01.05 Stuttgart, Alemanha

02.05 Milão, Itália

04.05 Barcelona, Espanha

__________________________________________
(+) VEJA TODOS OS SHOWS DA TURNÊ
HOST BY FLAUNT NETWORK | DMCA | PRIVACY POLICY